sábado, 18 de abril de 2009


Augusto de Carvalho Rodrigues dos Anjos, nascido no engenho Pau D'arco, na Paraíba, no dia 20 de abril de 1884. Faleceu em 12 de novembro de 1914, em Leopoldina, Minas Gerais.
No ano de 2009 comemora-se os 125 anos de nascimento do poeta do "Eu".


Psicologia de um vencido


Eu, filho do carbono e do amoníaco,
Monstro de escuridão e rutilância,
Sofro, desde a epigêneses da infância,
A influência má dos signos do zodíaco.


Profundissimamente hipocondríaco,
Este ambiente me causa repugnância...
Sobe-me à boca uma ânsia análoga à ânsia
Quase se escapa da boca de um cardíaco


Já o verme - este operário das ruínas -
Que o sangue podre das carnificinas
Come, e à vida em geral declara guerra,


Anda a espreitar meus olhos para roê-los,
E a deixar-me apenas os cabelos,
Na frialdade inorgânica da terra!


Augusto dos Anjos

Nenhum comentário:

Postar um comentário